Blog

7 Dicas para Reduzir a Inadimplência

Blog

Todos os condomínios dependem da taxa condominial para pagar as contas, por isso a inadimplência acaba se tornando o terror da vida dos síndicos. 

Qualquer atraso ou falta de pagamento pode acarretar em prejuízos para todos, por isso, dominar os caminhos a serem tomados quando confrontar uma alta inadimplência é uma habilidade fundamental para exercer a administração condominial. 

Apesar de ser uma reclamação antiga dos condomínios, a situação econômica brasileira vem agravando ainda mais este problema. E aí o que fazer? Como os síndicos podem solucionar esse problema sem expor os condôminos e sem entrar com as contas do condomínio no vermelho?

 

Devido a isso, elaboramos algumas dicas especialmente para você. Confira:

 

1. Elabore regras: É importante criar regras e colocar na Convenção ou no Regimento Interno do Condomínio para validar e realizar a cobrança. Por exemplo: Aplicar o Artigo 1337 da Lei 10.406 – Novo Código Civil.

2. Esteja aberto à negociações: Para aumentar a possibilidade de sanar a dívida, é importante deixar aberto o canal de negociação com o condômino devedor, claro, sempre dentro da lei.

3. Busque ajuda de profissionais: Para dar um ar mais profissional à cobrança, busque profissionais ou administradoras de condomínio que fazem cobranças;

4. Notifique com antecedência: Um dos mecanismos mais eficazes é ter um sistema automatizado de cobrança que notifica os devedores de forma automatizada, prévia e contínua. Aqui na Natal Condomínio, um sistema como esse tem feito toda a diferença para nossos clientes;

5. Evite expor os devedores: Jamais exponha os devedores, em nenhuma hipótese. Isso pode acarretar processos judiciais e aumentar ainda mais a dívida do condomínio;

6. Não deixe a dívida acumular: Quanto mais a dívida aumenta, mais o condomínio fica prejudicado, portanto não descanse enquanto os devedores não fornecerem pelo menos alguma expectativa de acordo;

7. Tenha um fundo de reserva: O condomínio deve ser pensando como uma empresa. É essencial possuir um fundo de reserva para cobrir eventuais despesas em tempos de crise. O fundo de reserva serve para ser usado em emergências, levando em consideração a Convenção.

 

CUIDADO: O valor retirado deve ser restituído o mais rápido possível, assim que o inadimplente pagar sua dívida.

Dica Extra: Deixe seu condomínio nas mãos de quem sabe cobrar e diminuir a inadimplência, solicite um orçamento por aqui!

 

 

Copyright ©2018 Luc Steing - Natal Marketing

Telefone   Endereço